A angústia surge no coração que está fechado, impossibilitado-o de fluir com outros.

Celulares que não possuem sinal fora de casa são inúteis. O “mundo do coração” só é efetivo quando as pessoas dão um passo além de seus pensamentos. Colocar sua confiança apenas em si mesmo o impede de ampliar seu coração.

A queda das três grandes empresas automobilísticas nos EUA.

Até a década de 1990, três grandes corporações – General Motors, Ford e Chrysler – eram consagradas nos Estados Unidos, o maior mercado automobilístico do mundo. Mesmo que o Japão fabricasse muitos carros compactos, os carros americanos estavam sempre entre os mais vendidos. Porém, devido a uma alta no preço do petróleo e a uma pequena crise econômica, os consumidores passaram a evitar os carros beberrões de gasolina fabricados nos EUA. Passaram a optar por carros compactos, os quais eram menores, mais baratos, mais confiáveis e consumiam menos gasolina. Assim, as vendas da Toyota dispararam e superaram as vendas dos fabricantes americanos.

As companhias devem reagir às mudanças no mercados, senão irão falir. Elas devem estar em constante mudança. Se não responderem às exigências dos consumidores e do mercado, certamente irão a falência. Se passarem a ser dominadas por seu orgulho corporativo, ao passo que se tornam arrogantes e negligentes, são ultrapassadas pela concorrência. Quando perceberem isto, talvez já seja tarde demais.
É relativamente fácil para um negócio atingir o sucesso, porém a verdadeira dificuldade é mantê-lo por muito tempo. Como essas três corporações, inúmeras companhias e pessoas que haviam sido bem sucedidas vão à falência do dia pra noite, uma vez que não realizam as mudanças necessárias. Uma semelhança comum entre todos estes que faliram é que todos confiaram neles mesmos.

 


« anterior     início     próximo »